Blog

É ilícita a revista realizada por agente de segurança privada

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, por unanimidade, que é ilícita a revista pessoal realizada por agente de segurança privada e todas as provas decorrentes desta.

Reconciliação do casal não afasta crime por descumprimento de medida protetiva

O consentimento da vítima de violência doméstica quanto à permanência do agressor na residência do casal, após o deferimento de medidas protetivas de urgência, não afasta os efeitos da decisão judicial. O

Início do cumprimento da pena deve ser voluntário

O CNJ em busca de evitar prisões desnecessárias, editou a nova resolução do CNJ 474/2022. Esta normativa evita que a pessoa seja presa no regime fechado para tão somente iniciar

Princípio da Insignificância no furto cometido durante o repouso noturno. Tribunais Superiores.

A jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entende que, tendo o furto sido praticado durante o repouso noturno e mediante o rompimento de obstáculo, resta demonstrada maior reprovabilidade da

Acordo de não persecução penal

A Lei nº 13.964/2019 que passou a viger no final de janeiro do ano de 2020, conhecida popularmente como “Pacote Anticrime”, introduziu ao Código de Processo Penal o instituto do

Considerações sobre crimes de violencia

👂 A vítima não pode ser considerada uma testemunha uma vez que seu relato é colhido sem o dever de dizer a verdade, embora suas ligações constituam meio de prova.

Pena para tráfico de drogas

O instituto do privilégio se aplica ao crime de tráfico e permite uma boa redução da pena, tal benefício poderá permitir uma diminuição da pena de 1/6 a 2/3, isso

Modificações no tipo penal de roubo

Algumas modificações no tradicional tipo penal de roubo foi realizada a partir da entrada em vigor da Lei 13.654 de 2018, que dispôs sobre o crime de roubo quando envolver

Avenida Gercina Borges Teixeira,
Nº 83 - (Ao lado do museu Pedro Ludovico)
Setor Central, Goiânia - Goiás

Fale com Especialista